23 de janeiro de 2014

Seis – Uma ideia brilhante

-Zac, o Austin disse que volta amanhã. - estávamos em sua nova casa, por minha sorte ninguém me viu entrando.

-E... O que faremos?- ele perguntou enquanto enrolava seu dedo em um cacho do meu cabelo.

-Tenho uma ideia. E preciso da sua ajuda. – sorri maliciosa.

-Lá vem. O que você tá aprontando, Baby V?- ele questionou sorrindo.

-Sabe Baby Boo, eu vou fazer um ensaio fotográfico hoje à tarde. E sabe... O fotógrafo disse que seria com algum modelo, só que esse modelo ficou doente e não vai dar pra ele ir. Então pensei que...

- Eu podia ser esse modelo. - ele completou minha frase. - Você é louca?

-Só um pouquinho. De um jeito ou de outro, todos vão saber que voltamos, mas quando as fotos saírem e todos começarem a perguntar se voltamos, vamos dizer que apenas voltamos a sermos amigos. Depois que eu terminar com o Austin e quando acharmos que é a hora certa, nós anunciamos nossa volta.

-Apesar de achar sua ideia uma loucura, eu vou te ajudar só para aquele imbecil aprender a não te desrespeitar de novo. Mas devo confessar que será maravilhoso tirar fotos com você novamente. 

-Ai é? Mas sabe o seria maravilhoso agora? – perguntei sentando em seu colo.

-O que?- ele sussurrou passando as mãos em minha cintura, subindo por minha coluna e parando em minha nuca, me puxando para mais perto deixando nossas testas coladas.

-Um beijo que só você sabe dar. – eu disse a poucos milímetros de sua boca.

Num movimento rápido ele me deitou no sofá e me beijou com luxúria e amor e eu correspondi ao beijo com a mesma intensidade.

****************************************************************************

- Bryan eu consegui um modelo para fotografar comigo.

Bryan é o fotógrafo com quem irei fazer o ensaio, e só pra constar, ele é gay. Gente, ele é hilário.

-A sério fofa, quem é o bofe?

-Um amigo meu. Quando ele chegar, você vai saber. - eu disse misteriosa.

-Vane, conta vai. Vai querer deixar a bicha aqui morrendo de curiosidade?-perguntou fazendo drama.

-Vou sim... - eu ri, mas logo me calei ao ouvir alguém batendo na porta do camarim. - acho que é ele.

Não sei de onde essa bichinha tirou tanta rapidez pra abrir uma porta. Assim que a porta se abriu surgiu nela o meu príncipe de olhos azuis. Era ele. O Zac. Segurei pra na rir foi da cara que Bryan fez ao ver Zac.

- Espera... Mas... Você é o Zac... Zac Efron... O ex da Vanessa. Como é que... - Bryan dizia sem acreditar e tentando racionar.

-Não seja mal-educado Bryan. Deixe o Zac entrar. - eu disse dando um risinho ao ver que Zac também prendia o riso.

-Oi Baby V!- ele se aproximou de mim e me beijou na bochecha, deixando Bryan de boca aberta.

-Oi Baby Boo. – retribuí o beijo, mas dando o beijo propositalmente no cantinho de sua boca, o fazendo agarrar minha cintura.

-Gente, para o mundo que e quero descer. Como assim? Baby V? Vanessa você não gosta de ninguém mais te chame assim há uns três anos. E Baby Boo? Que intimidade é essa? E Zac, você tá um baita de um mau caminho hein?! – ele disse sem nem um pingo de vergonha na cara.

-Mais respeito hein Bryan!- eu disse fazendo bico e o Zac só rindo.

-Mas e então? Vai me explicar o que é isso?

-Oras nada demais. Eu apenas vou fazer o ensaio fotográfico com meu melhor amigo. O que tem de errado?

-O que tem de errado? Cara, vocês dois namoraram por cinco anos, de repente se separaram, não se falaram nunca mais e agora ele são melhores amigos! Isso é bizarro!

-Aff, deixa de drama bichinha! Vamos tirar logo essas fotos. - eu disse e coitadinho do Zac, só ouvia.

-Tem um probleminha darling.

-O que foi Bryan?

-É um ensaio com fotos sensuais. Seu namorado não vai gostar nada disso, Vanessa. Ele já brigou com você por você aceitar fazer essas fotos e quando ficar sabendo que foi com o Zac ele vai pirar!

-Eu quero é que o Austin se exploda. enquanto ele está comendo uma vadia nesse exato momento, eu fico aqui tirando fotos sensuais com meu melhor amigo super gato. Que tal te parece?- perguntei irônica.

-Nessa... - o Zac sussurrou com uma voz preocupada.

-Não zac, tá tudo bem. - eu o abracei e beijei seu peito.

-Er... Vamos então?- Bryan perguntou.

-Claro. Quero fotos com as poses mais sensuais possíveis. – eu disse maliciosa, ainda abraçada ao Zac e arranhando de leve sua cintura por cima de sua camisa.

Minutos depois já estávamos dentro do Studio. Começamos com fotos mais leves. Algumas apenas eu. Outras apenas o Zac. Depois de uns dez minutos, fomos trocar de roupa. Vesti uma lingerie preta rendada com detalhes em vermelho e dourado, enquanto Zac estava com uma boxer vermelha. Realmente era um ensaio muito sexy, mas era para divulgar uma nova marca de peças intimas tanto femininas como masculinas. E bom, claro que eu ia aproveitar né?! Bryan dizia como devíamos fazer e nós apenas obedecíamos.

-Agora Vanessa se aproxime do Zac com uma cara bem safadinha, e Zac segura ela pela cintura e coloca uma mão na parte de trás de sua coxa.

Assim fizemos essa e várias outras fotos ousadas. Depois de umas vinte fotos, a sessão terminou.

-Bom, a sessão já terminou. Agora eu tenho que ir para minha sala para fazer os ajustes finais e mandar para a dona da loja. Podem trocar de roupa e, por favor, fechem a porta quando saírem. Tchauzinho meus queridos!- Bryan disse piscando e mando beijinhos no ar para mim e Zac, que só ria da situação.

-Bom... Tarefa comprida. Quero só ver a cara do Austin quando ele vir essas fotos. - eu disse com um sorriso no rosto enquanto me aproximava de Zac, arranhando de leve seu peitoral.
-Ele com certeza vai odiar essas fotos, mas em compensação eu amei fazê-las. – ele sorriu safado e me puxou para mais perto.

-Aé? E por que gostou tanto hein?!- fiz a minha melhor cara de inocente enquanto deslizava minhas mãos por toda a extensão de sua coluna.

-Talvez porque tive como parceira uma mulher extremamente linda, sexy e tudo de bom e mais um pouco. - ele sussurrou roucamente em meu ouvido, enquanto passava as pontas de seus dedos em minha cintura numa carícia enlouquecedora.

-Zac... - sussurrei em meio a um gemido assim que ele começou a traçar uma linha de beijos e lambidas da base do meu pescoço até o lóbulo de minha orelha.

Começamos a nos torturar ali mesmo. Zac com suas carícias que me deixavam louca e eu com meus gemidos que o fazia estremecer. Zac começou a roçar de leve seus lábios nos meus, quase que numa brincadeira. Eu apenas resmungava pela falta de contato de seus lábios nos meus em um beijo “caliente”. Não aguentando mais aquilo, deslizei rapidamente minhas mãos pela coluna do meu loiro indo até a base da sua boxer. Arranhei sua cintura e logo tratei de enfiar minhas mãos por dentro de sua cueca, apalpando e apertando sua bunda. Deixando um gemido baixo escapar dos lábios, Zac me agarrou com mais força ainda, fazendo nossos lábios se conectarem em um beijo urgente e cheio de desejo.

Esse beijo nos levou até um puff que havia no estúdio. Zac estava deitado entre minhas pernas, que rodeavam sua cintura, deixando nossos corpos completamente colados. Seus lábios percorriam todo o meu pescoço, enquanto minhas mãos se afundavam naquele cabelo loiro liso e macio, que já se encontrava mais desalinhado que o normal.

Nenhuma palavra era dita, naquele lugar só se ouviam gemidos baixos ao pé do ouvido. Quando Zac começou a desabotoar a parte de cima da minha lingerie, ouvimos a porta se abrir e um pequeno grito vindo da boca de um ser que eu queria matar por ter atrapalhado o meu momento com meu homem. 

6 comentários:

  1. Gentchee, que capítulo foi esse?
    Super caliente.
    Zanessa super safadjeenhos.
    Amei o capítulo, Rafa.
    Posta logo
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. MEU DEUS MEU DEUS MEU DEUS AAAAAAAAAAAAAHJKSNIAKOSDQKBDNSKSOSOQJQHDDJKDBE SAFADENHOOOOOOOOOOOOOSS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk,Julie tu é louquinha demais,kkkk
      obrigada por comentar,kisses

      Excluir
  3. OMG
    Você tinha que parar na melhor parte?!
    Curiosa pra saber quem entrou

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs,adooooro deixar vocês curiosas =D
      obrigada por comentar,kisses

      Excluir

Hi girls,deixem aqui suas opiniões!!!kisses