17 de janeiro de 2014

Cinco – Nada foi um sonho, mas ainda há um pesadelo

Dor e tristeza eram os meus únicos sentimentos no momento. Não consegui acreditar que tudo não passou de um lindo sonho. Mas todos os meus pensamentos foram interrompidos pelo rangido da porta se abrindo e dela aparecendo um lindo rapaz com duas safiras brilhantes. Então nada foi um sonho. Zac realmente esteve aqui e ainda estava.
Ele sorriu pra mim tão lindamente que senti todo o meu corpo se derreter por dentro. Trazia nas mãos uma bandeja de café da manhã e a colocou ao meu lado na cama.

- Pensei que tudo não tivesse passado de um sonho. Quando acordei e não te vi aqui, pensei que... Estivesse novamente sozinha e tive tanto medo.

Ele deu um singelo sorriso e acariciou minhas bochechas com seu polegar.

-Você nunca mais estará sozinha. Eu prometo que sempre estarei ao seu lado, pro que der e vier.

Sem pensar duas vezes colei meus lábios nos seus, num beijo calmo e terno.

Alguns dias se passaram desde a minha volta com Zac. Ninguém além de Ashley sabia do ocorrido, até por que Austin ainda não havia voltado de viajem para que eu pudesse terminar nosso namoro. Enquanto isso não acontecia, eu e Zac nos encontrávamos as escondidas sempre que podíamos. Ainda não tínhamos nos envolvido intimamente, pois concordamos que nosso amor não se baseia no prazer carnal e sim em gestos carinhosos e palavras de amor. Decidimos começar tudo do zero e daríamos tempo ao tempo.

-Oi meu amor!- assim que ouvi a voz do outro lado da linha fiz cara de nojo.

- Oi Austin!- disse seca

- O que foi amor? Que voz é essa?- que sínico.

- Quando você volta?- perguntei o mais doce possível.

-Provavelmente amanhã. Já está com saudades gata?- se pensamento matasse, ele já tava duro no chão e provavelmente debaixo de sete palmas da terra.

-Você não tem ideia do tamanho da minha saudade. – eu falei com um sorriso diabólico nos lábios.

- Quando eu chegar aí, mato toda sua saudade querida. O quarto vai pegar fogo. – como eu consegui namorar esse cara?!

-Preciso desligar agora. Aula de yoga, a Stella está me esperando. Bye, bye!- desliguei na cara dele e soltei uma gargalhada.


É claro que menti pra ele. Mas qualquer coisa valia mais a pena do que ficar escutando coisas vindas da boca nojenta de Austin.

Divulgações: Last Kiss - http://lastkisszanessa.blogspot.com.br/
                       Give Me Love - http://ficzanessa.blogspot.com.br/

8 comentários:

  1. Amei o capítulo
    Ainda bem que não foi um sonho
    Felicidade define :)

    ResponderExcluir
  2. Cap muito bom!!só quero ver a cara do Austin quando ela terminar com ele.

    muito obrigada por divulgar minha fic amorê!

    bj bj

    posta loguinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. por nada amore
      e obrigada por comentar,kisses

      Excluir
  3. Amei o capítulo!
    O Chaustin não perde por esperar.
    Hahaha....risada maléfica.
    Super ansiosa para saber o que vai acontecer.
    Posta logo
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Perfeito!!
    Ainda bem mesmo que não havia sido um sonho *--*
    Curiosa para o próximo
    Posta Logoooo

    Xoooxo

    ResponderExcluir

Hi girls,deixem aqui suas opiniões!!!kisses